terça-feira, 24 de janeiro de 2017

POR ENTRE NUVENS DE FOGO

http://ateupoeta.blogspot.com.br/2017/01/por-entre-nuvens-de-fogo.html
POR ENTRE NUVENS DE FOGO

E que tal 
Se eu fosse 
Aquele passarinho
Que vem cantar no quintal

Em voos rasantes 
De moinho
Sozinho 
Entre as mais distantes 

 Nuvens  errantes 
De fogo
Furando um portal
Para o jogo matinal  

Desse doce 
Céu sem nau?
Com as asas postas
Podem fazer apostas

Eu seria feliz 
Por inteiro
No esplendor azul 
Sem roteiro

Ateu Poeta
24/01/2017
Ateu Poeta, O Historiador de Pacoti. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.