Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

terça-feira, 28 de junho de 2016

É PRECISO PENSAR ALÉM

http://ateupoeta.blogspot.com.br/2016/06/e-preciso-pensar-alem.html
É PRECISO PENSAR ALÉM

Não acredito sem ver
Porque não amanheci criança
Nessa dança da ilusão eu aprendi a vencer
Nocauteando o terror de Bragança
Pus na balança para não fenecer
As chaves do Purgatório

Do Inferno e do Céu
Tão inviáveis quanto seria
Manter um escritório inteiro em um carrossel
Mente vazia é oficina da Igreja
Veja por si mesmo
E aprenda a crescer

É preciso querer mais que o pão
Circo também não sustenta
Fé não alimenta
Só fede o que lhe obriga a fazer
A verdade é tão simples
Deus não existe

E também não há perfeição
Não importa quem insiste
É sempre fraude
O Freud da revelação
Milhões se infiltram na ciência
Mas, continuam fiéis

E a fazem com grande incompetência
Feito penitências de quartéis
Conhecimento parado vira burrice
É crendice querer abafar
Chega de tanta tolice!
Não importa quem disse

Não é questão de bafafá
Para buscar a verdade é preciso coragem
A maioria ainda não aprendeu a pensar
Nem a dar os primeiros passos aprendeu
Para ir em frente
Fortaleça a sua mente aprendendo a enfrentar

Ateu Poeta
28/06/2016

quarta-feira, 15 de junho de 2016

O CREPÚSCULO DA PSIQUÊ

http://ateupoeta.blogspot.com.br/2016/06/o-crepusculo-da-psique.html
O CREPÚSCULO DA PSIQUÊ

“Deus está morto”
(Nietzsche, filósofo)

“A metafísica está morta”
(Afrânio Coutinho, historiador)

“Não serei criminoso antes de cometer crime”
(Foucault, filósofo)

A Psicanálise já começa errada no próprio nome, Psiquê, falsamente traduzida como “alma”, quando na verdade é uma humana da Mitologia Grega que seria tão bela que teria sido perseguida por Afrodite e sem saber faz por ela Eros se apaixonar, o qual pede a Zeus para transformá-la em deusa e Zeus concede.

Esquecendo Psiquê e deixando apenas a análise, quem poderia aprimorar a Psicologia seria o filósofo Epicuro com a sua autoanálise, trocando Freud e Jung por si mesmo. Já o resto da Psicologia, agora sem Psicanálise, pode ser substituída 100% pela Neurociência.

O símbolo do tridente simboliza Posseidom, um deus que nada tem a ver com Psiquê, logo, muito menos com a Psicologia em si, totalmente retrógrada e mística. Não adianta trocar Freud por Jung. Se tirar o misticismo da Psicologia não sobra nada.

A Psicologia está morta e não há porta capaz de reaviva-la ou reanimá-la, pegando a real palavra que deu origem à “alma”, ânima, daí o termo criado “anima mundi”.

Assim como a Metafísica cai perante a Física e a Astrologia se mostra totalmente falsa perante a Astronomia e as demais religiões e pensamentos filosóficos incongruentes perante as ciências, inclusive as chamadas “ciências ocultas”, que deveriam ser chamadas Pseudociências de Culto, a Psicologia cai perante Neurociência.

Digamos en passant que mesmo psiquiatras têm que rever seus métodos e “inspirações” à priori para à posteriori ficarem mais científicos e a Psiquiatria deveria mudar de nome para Neurologia Analítica e psiquiatra trocar de nome para neuroanalista ou Analista cerebral.

A Psiquiatria e a Psicologia estão embebidas em Mitologia Grega, em parte por culpa de Freud. O que deve ser feito é ser assumido em conjunto uma postura contemporânea de anular os mitos e focar em uma medicina antianacrônica, voltada para a realidade a fim de se adquirir diagnósticos empíricos de fato, pois não estamos na Idade Média para acreditarmos em todo tipo de baboseira mística.

Para entenderem mais sobre isso, indico os livros: “A genealogia da moral”; “O Anticristo”; “Assim falava Zaratustra”, de Nietzsche (filósofo alemão); “Porque Freud errou”, de Richard Webster (historiador estadunidense); “O erro de Descartes”, de António Damásio (neurocientista português); “A ciência médica de House”, de Andrew Holtz; “O Código Da Vince”; “Anjos e Demônios”; “Ponto de Impacto”, de Dan Brown; “Não nascemos prontos”; “Não se desespere”, de Mario Sergio Cortella; “Liderança em Foco”, de Mario Sergio Cortella e Eugenio Mussak (filósofos).

Indico as séries: “Cosmos”, Carl Sagan (assessor da NASA) ; “Batalha dos deuses”, “Ilusões da mente”, Discovery Channel; “Os bárbaros”, Terry Jones (antropólogo); “Como a arte moldou o mundo”, Dr. Nigel Spilvey (historiador); “Tesla”; “Einstein”, TV Escola; e os programas: “Paradigmas do século XXI”; “Observatório da Imprensa”; “Café Filosófico”; “Roda Viva”, TV Cultura; “Sempre um papo”, TV Senado.

Ateu Poeta
15/06/2016

segunda-feira, 13 de junho de 2016

PENSAMENTOS

PENSAMENTOS

Talvez o segredo do sucesso seja não se sentir confortável em lugar algum.
Ateu Poeta

O preço que se paga é sempre alto demais, a praga mortal do navegante.
Ateu Poeta

A humanidade é uma coisa muito estranha. Nós não nos conformamos apenas em viver, como o resto dos seres, ainda queremos um motivo para tal, só que não há. E daí?

Quanto maior o medo da morte maior a crença em deuses e outros misticismos, chegando ao cúmulo do panteísmo. Mas, eu sou um grande paradoxo porque venci meu terror do inferno e já sei que misticismo e realidade não combinam em nada, no entanto, ainda tenho um profundo medo da morte, e isso foge totalmente ao padrão.

Um ateu total deveria não temê-la e nem deseja-la, por dois motivos: primeiro por só ser uma vez e segundo por levar em conta que antes de viver éramos apenas aglomerados de matéria inerte.

 Sei lá, de repente nisso também eu não preciso me encaixar no padrão. No fim de tudo, para que isso serviria mesmo?


Ateu Poeta
13/06/2016
Ateu Poeta, O Historiador de Pacoti. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.